Comece a sua coleção de literatura em língua portuguesa – Olavo de Carvalho

“Da poesia portuguesa, você deve ler os seguintes nomes: Camões (1524-1580), Bocage (1765-1805) — os sonetos de Bocage são uma beleza! —, Antero de Quental (1842-1891), Fernando Pessoa (1888-1935), Mário de Sá-Carneiro (1890-1916) — esses são os nomes principais, você tem de ler de qualquer jeito. 

Na literatura histórica, Portugal tem grandes historiadores, dois dos quais você tem de ler de qualquer maneira: Alexandre Herculano (1810-1877) e Oliveira Martins (1845-1894) — este último é um homem de uma inteligência histórica fora do comum, a História de Portugal dele é básica, inclusive para entender o Brasil.

Na parte da literatura ficcional, também tem alguns autores que você não pode pular: Eça de Queirós (1845-1900), Camilo Castelo Branco (1835-1890), Ferreira de Castro (1898-1974) — que inclusive escreveu um belíssimo romance sobre o Brasil, que se chama A Selva, a melhor coisa que já se escreveu sobre a Amazônia —, Aquilino Ribeiro (1885-1963), Vergílio Ferreira (1916-1996) e Lobo Antunes (1942-). Tem muito mais coisa, mas isso é para você ter uma ideia da riqueza só da literatura de Portugal.

O Brasil tem grandes poetas, alguns dos maiores da humanidade, mas você comece por: Gonçalves Dias (1823-1864), Cruz e Sousa (1861-1898), Manuel Bandeira (1886-1968), Carlos Drummond de Andrade (1902-1987), Jorge de Lima (1893-1953), Murilo Mendes (1901-1975) e Bruno Tolentino (1940-2007) — não deixe de ler esses. Desses autores, você procure ter o máximo de livros de cada um deles. Aí, não é pesquisa bibliográfica, é coleção de livros para começar a ler já!

Na arte da ficção você vai ter que ler: Machado de Assis (1839-1908), Raul Pompéia (1863-1895) — que escreveu um livro só, O Ateneu —, José Lins do Rego (1901-1957), Graciliano Ramos (1892-1953), Marques Rebelo (1907-1973), José Geraldo Vieira (1896-1977), Herberto Sales (1917-1999) — se ler esses, você vai entender a força da literatura brasileira. Aí já tem leitura para mais de um ano.”


Olavo de Carvalho – Curso online de filosofia: aula 007, 16/05/2009.


Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: