Não convença ninguém de nada, o que importa é você aprender e, quando entrar na discussão, mandar as pessoas calarem a boca – Olavo de Carvalho

“Não tente convencer ninguém de nada, sobretudo enquanto você está neste curso. Não convença ninguém de nada. O que importa é você aprender e, daqui a cinco anos, quando entrar na discussão é para entrar com muita força e mandar as pessoas calarem a boca. É para acumular conhecimento, verdadeira autoridade e verdadeira segurança baseado no conhecimento da realidade — é isso que você tem de fazer. Recomendo: durante cinco anos fuja de debates, fuja de discussões, não dê palpite em nada. Você está treinando, meu filho. Gente para dar palpite, está cheio; ligue a internet e [veja que] está todo mundo dando opinião sobre tudo. E essas opiniões se neutralizam umas às outras.

Então, como é que você faz para entrar com uma opinião que afaste as outras, que exorcize as outras? “Cala a boca todo mundo, que vai falar um sujeito que estudou o assunto” — é assim que você tem de entrar, ou então não entre. Se entrar agora, você não entrará com força. Você não tem confiança em si suficiente para isso, mas vai adquiri-la na medida em que siga esses métodos dos quais eu estou falando. O que falta no Brasil é, sobretudo, um número mínimo de pessoas que tem a verdadeira autoridade intelectual, baseado na sinceridade, no conhecimento. [Lá] só tem farsante e palpiteiro.

Não se esqueçam, gente: eu comecei a escrever a minha opinião na mídia quando eu tinha 47 anos. Aristóteles começou a dar palpite aos 40 anos; ele estudou 20 anos com Platão. Então, não tenha pressa. Eu gostaria muito que esta geração de estudantes, que está aqui fazendo esta experiência comigo, deixasse sua marca na cultura brasileira, de modo que ninguém possa apagá-la nunca mais. Vocês têm condição de fazer um upgrade formidável na cultura brasileira, como nunca se fez! Outra coisa: quando entrarem no debate público, não entrem fazendo artiguinho, fazendo conferência; não, vocês têm de entrar com livro, têm de ser como aqui nos EUA. Aqui, quando o pessoal quer dar palpite em alguma coisa, primeiro se escreve um livro. Se você não tem a capacidade de escrever um livro inteiro sobre o assunto, nós não queremos saber a sua opinião. O último ano deste curso será dedicado a isto: cada um de vocês vai pegar um tema e vai produzir uma tese inteira, um livro, algo em torno de 150, 200, 250 páginas. E depois nós vamos publicar tudo. Isso mudará a história cultural brasileira para sempre, porque nunca terá havido um grupo tão grande de pessoas, tão bem preparado. Eu gostaria que todos entrassem nisso mais ou menos ao mesmo tempo, para dizer: “Vocês parem de falar besteira que agora é a nossa vez; agora vocês fiquem quietos e escutem.” — não é para discutir.

Eu já tive alguns confrontos com várias pessoas: Marilena Chauí, Emir Sader, Leandro Konder etc. Vocês acham que eu fui discutir com eles? Eu não tenho nada para discutir com esses idiotas, [o que] eu tenho é para ensiná-los. Eles não sabem nada! “Então cala a boca, burro. Senta e escuta”. É assim que vocês tem de entrar. No Brasil não havia ninguém para discutir comigo — lamento, não tem! Então, o que você pode fazer é “passar o pito”. Eu “passei o pito” em um monte de gente e eles ficaram quietinhos. Você acha que eu posso discutir com o Vladimir Safatle? O cara não é capaz de somar 2 mais 2! Vocês têm de perceber isso, perceber a miséria do meio intelectual e saber que não é para respeitar ninguém. A coisa mais séria, humana e bondosa que você pode fazer é mandar esses camaradas calarem a boca, é humilhá-los.”


Olavo de Carvalho – Curso online de filosofia: aula 18, 08/08/2009.

Esta publicação foi feita a partir da transcrição da aula, disponibilizada no site do curso: seminariodefilosofia.org. A transcrição não foi revista ou corrigida pelo Olavo de Carvalho.


Gostou da publicação? Clique aqui e acesse o acervo referente ao Olavo de Carvalho.


Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: